Em 2017, todos na luta contra a retirada de direitos. Todos em defesa do SITSESP


    Fundação CASA mente descaradamente para trabalhadores
    Autor:
    27/06/2017



    E a fim de combater inverdades o sindicato ressalta: A FUNDAÇÃO CASA NUNCA ESTEVE ABERTA A DISCUTIR SOBRE O RODIZIO. FORAM ENCAMINHADOS OFICIOS (ANEXO) SOLICITANDO REUNIÕES COM A INSTITUIÇÃO QUE IGNOROU QUALQUER ARGUMENTO PARA REALIZAR A DISCUSSÃO SOBRE O REVEZAMENTO.

    O rodízio de turno é uma discussão muito séria e não pode e nem deve ser levada com leviandade como a Fundação CASA vem fazendo perto de uma assembleia de campanha salarial.  É certo que somente pela soberania de uma assembleia que será definido, no entanto existem discussões que permeiam este rodízio que precisam ser realizadas com a Instituição, que se nega a fazer e ainda quer colocar no colo no sindicato e dos trabalhadores a falta de diálogo.

    Um diálogo que neste ano está mais complicado. Normalmente nas Campanhas Salariais que sempre tinha uma resolução com poucos dias, hoje estamos levando meses para resolver.

    Haja vista o que aconteceu no TRT, no qual nem a senhora presidente se dignou a comparecer. “FALTA DE DIÁLOGO”, ressaltou até mesmo o desembargador.

    Então senhores do Governo do Estado e Fundação CASA quem são os geradores de conflitos? Os trabalhadores e sindicato que a todo tempo querem o diálogo ou os senhores que tentam ludibriar essa categoria achando-os sem consciência?

    Ahhhhh e por fim, no seu comunicado fala que ajustará a “ESCALA DE REVEZAMENTO” em acordo coletivo? Alô??? Qual Acordo Coletivo? Se os senhores não dão abertura para a discussão?