Em 2019, todos na luta contra a retirada de direitos. Todos em defesa do SITSESP


    Planejamento e Formação Sindical
    Autor: SITSESP
    27/01/2020



    A nova diretoria do SITSESP, como proposta de campanha vem buscando um novo direcionamento para as diretrizes do sindicato. Com esse intuito nos dias 24 e 25 de janeiro realizou o 1° Planejamento e formação dos dirigentes do SITSESP, ministrado pela escola sindical da Central Única dos Trabalhadores.

    O presidente do Sindicato, Neemias vez a abertura dos trabalhos afirmando que está direção estará mais atenta a base, ouvindo sempre o que a categoria tem a dizer e que depois de reuniões com os dirigentes fará os encaminhamentos. “A minha linha política virá sempre depois das nossas reuniões”, ressalta.

    E ainda afirma que a direção terá autonomia ara fazer o trabalho sindical nas bases, dentro dos limites da gestão. “Precisamos de uma gestão forte e que esteja em busca de novas conquistas para a categoria, sem tão pouco perder as que já conquistamos”.

    Mas ressalta que é necessário exterminar com as fakenews, as informações dentro da instituição precisa ser clara e sem dúvidas. “Vamos buscar a verdade e cortar a rádio peão, que prejudica a todos os trabalhadores”, finaliza o presidente do SITSESP.

    O presidente da CUT/SP, Douglas Izzo também esteve na abertura do evento e ressaltou a importância deste sindicato para todos. E reafirma que essa formação tem o objetivo de fortalecer a gestão sindical. Com um bom planejamento a direção terá diretrizes para trazer novas conquistas para a categoria da Fundação CASA. E ressalta que a CUT estará assessorando essa gestão através do companheiro Roberto Felício, na condução política.

     Izzo pede também a gestão que fique atenta ao calendário de lutas que serão travadas neste ano, que terá inicio com combate a reforma da previdência de Doria, que tem como intuito acabar com o serviço público.

    Temos o dia 08 de março, o dia Internacional da Mulher, que será mais um marco na luta pela igualdade de gênero. No dia 18 de março a CUT engajará a GREVE DOS SERVIDORES em defesa dos serviços públicos e dos servidores. E no 1° de Maio teremos um dia do trabalhador classista, que envolverá todas as Centrais Sindicais.

    Neemias retornou a fala agradecendo o apoio da CUT neste momento critico que a categoria vem enfrentando. E ando inicio aos trabalhados a direção do sindicato seguiu a programação da oficina de planejamento com apresentação dos presentes e objetivos que estavam propostos. Logo depois viram sobre as origens e papel do sindicato, história da CUT; valores e papel de um dirigente sindical cutista; definição dos principais desafios; métodos de planejamento; construção de cenários, análise de conjuntura, envolvimento dos dirigentes neste cenário; construção e implementação de plano de ação.